A leitura nos leva ao mundo mágico da imaginação criativa e transformadora.
Telefone (31) 9 9762-7108
Close

Literatura infantil e leitura literária como estratégia de ensino: uma combinação perfeita

Literatura infantil e leitura literária como estratégia de ensino: uma  combinação perfeita

                                                                                                                                                                                     Marcos Nascimento

A leitura, de uma maneira geral, e, especialmente, a leitura literária, “abala verdades absolutas, ativa a criatividade, coloca-nos em perspectiva, estimula o pensamento crítico, a tolerância e o convívio com o “outro” porque nos confronta com novas maneiras de viver o mundo, novos sentidos e significados dados à experiência humana”, como diz Marcelo Gruman.  Entendo leitura literária como modos de ler os textos e o mundo. Nós tocamos o mundo de uma maneira especial por meio da leitura literária e o mundo, na sua mais ampla complexidade e beleza, nos atravessa quando lemos. Estes modos despertam em nós imaginação, sentimentos, criatividade, afetos e racionalidades que permeiam nossa compreensão da vida vivida. Sempre acreditei que a leitura literária ativa nossa imaginação criativa e transformadora, produtora de significados e sentimentos, essenciais à compreensão do mundo. Nem sempre a escola explora estes elementos da leitura literária. Muitas vezes ela é só leitura, porque obrigatória. Mas não é só a leitura que é obrigatória, a interpretação também o é. Falta liberdade no ato de ler. A leitura só será literária se preservar a liberdade da interpretação e o jogo da imaginação.

Semana passada assisti a uma defesa de dissertação na Faculdade de Educação, na UFMG, intitulada MALA CIENTÍFICA: dando asas à imaginação a partir da Literatura Infantil, de Priscila Nádia Santos de Oliveira, sob a orientação da professora Eliane Ferreira de Sá. Esta pesquisa, associada a uma prática de ensino, fortaleceu ainda mais minha convicção em relação à força encantadora e transformadora da leitura literária. Priscila de Oliveira apresenta de maneira primorosa, com rigor acadêmico e sensibilidade profissional, sendo ela professora do ensino fundamental, como é possível ensinar Ciências a partir da literatura infantil. Ela utiliza o livro História de um pequeno astronauta, da Global Editora, com texto de Christiane Gabriel e ilustrações de Orlando, para desenvolver, junto com sua orientadora, uma sequência de ensino que articula a literatura infantil com o ensino de Ciências no processo de desenvolvimento da leitura, escrita e interpretação das crianças no ciclo de alfabetização. As análises, segundo as autoras, permitiram confirmar a riqueza de possibilidades na articulação da literatura infantil no ensino de Ciências nos anos iniciais do ensino fundamental, introduzindo um outro repertório no processo de leitura, escrita e interpretação da criança.

A literatura infantil, onde tudo começa, uma ponte para o universo da palavra escrita, para o mundo mágico da imagem e dos significados, quando se encontra com a leitura literária na escola, no espaço da sala de aula, pode gerar aprendizado e encantamento, ou encantamento e aprendizado. É uma combinação perfeita. Talvez isso concilie a provocativa desassociação sugerida por Ziraldo como reflexão: “Ler é mais importante que estudar”.

Escreva um comentário

Seu email não será publicado. * Campos obrigatórios

Telefone: (31) 9 9762-7108
Email: contato@mrneditora.com.br
Endereço: Rua Cumbi, 16 / 204 - Padre Eustáquio
Belo Horizonte / MG - CEP 30.310-000